CRISTINO CASTRO-PI = A cidade das Águas



CONHEÇA O MUNICÍPIO
CONHEÇA um pouco da história deste município, tão importante no cenário  estadual e nacional.

  
O Território que hoje é o Município de Cristino Castro, pertenceu a Bom Jesus  que por sua vez pertencia a um único município da região naquela época, que era a cidade de Parnaguá, certamente Cristino Castro , chamava-se Caatinga de Porco pelo fato da existência dessa árvore em grande quantidade, depois em 1902 passou a chamar-se Nova Lapa, por sugestão do Pe. Eliseu César Cavalcante, que era vigário de Parnaguá e da Paróquia de Bom Jesus, isto em virtude já da imagem do Bom Jesus da Lapa, trazida pelo Sr. Raimundo Ribeiro, no ano de 1898 da Vila da Lapa, Bahia, onde o mesmo cumpria promessa.

Igreja matriz do padroeiro Bom Jesus da Lapa

Bustos na praça do mercado do Pioneiro Cristino Castro

Os primeiros anos eram voltados para a pequena capela construída em taipa e coberta de palha, que passou anualmente a festejar o Bom Jesus.
No inicio da década de trinta no findante século XX, o jovem Cristino Raimundo de Castro, chefe da firma Cristino Castro e Irmão, sediada em Floriano-PI, resolveu investir no Vale do Gurgueia, com o plantio de algodão o mesmo montou uma filial no povoado Nova Lapa e outra na cidade de Bom Jesus com os nomes de Filapa e Filuz, feito isto, Cristino Castro, recorreu ao governo do estado em 1935, Landri Sales, a necessidade da construção de uma estrada carroçal que ligasse as suas filiais à sede, de Bom Jesus a Floriano, em 1934 ocorreu a inauguração da mesma.

Um dos muitos poços jorrantes que fica Transul

Com os avanços do povoado Nova Lapa começou a crescer, o Sr. Claudionor Augusto Dias, natural de Caracol, que implantou uma farmácia no local, mais tarde a idéia de emancipação de Nova Lapa começou a surgir, com represálias da cidade de Bom Jesus, que fez de tudo para atrapalhar esse processo em vista de que Nova Lapa pelas suas riquezas, era melhor continuar pertencendo a Bom Jesus, mas o Sr. Claudionor Augusto Dias, foi eleito vereador da cidade de Bom Jesus, representando o povoado Nova Lapa e começou uma luta incansável do mesmo, pela emancipação, cujo nome o mesmo propôs: Cidade de Cristino Castro.

                                                         Poço jorrante que fica no violeta

Assim o povoado Caatinga de Porco, antes pertencentes ao município de Parnaguá franjas do debatido “sertão das rodelas”, que passou depois ao município de Bom Jesus do Gurgueia, encantou-se, virou Nova Lapa depois do batismo da imagem réplica do Bom Jesus da Lapa, para no dia 29 de outubro de 1953, com a sanção da lei estadual nº 894, tornou-se independente do município de origem e ostentar o nome do inusitado pioneiro Cristino Castro.

Imagem de Nossa Senhora de Lurdes

PERFIL DA CIDADE DE CRISTINO CASTRO

Situação Geográfica: Clima relativamente ameno.

Poços Jorrantes: Inúmeros como o do Violeta, tem sido motivo de admiração em todo o país.

Água Subterrânea: A cidade considerada um Bairro fundado em sopé de um morrote e sobre grande mar subterrâneo.

1º Prefeito/vice: Alcino de Carvalho Guerra e Airton Joaquim de Oliveira, de 1954 a 1958.

1ºs Vereadores: João Francisco de Sousa Rocha, Rafael Borges Leal, Fábio Leal da Luz, Joaquim Cavalcante de Oliveira Lima e David Campos Lima, de 1954 a 1958.

Posição: está à margem direita do rio Gurgueia e dentro da zona fisiográfica do Alto Parnaíba.

Distancia: 595 hm de Teresina-PI, 1.156 km de Brasília-DF e a 36 km de Bom Jesus.

Ária: 1.846quilômetros quadrados, ficando a sede a 239 m de altitude sul, em interação com o Meridiano de 44° 13’26 de longitude oeste.

Limites: Ao norte com Alvorada do Gurgueia, ao Sul com Santa Luz - PI e Guaribas - PI, a Leste com Canto do Buriti- PI e a Oeste com Palmeira do Piauí-PI.

Clima: Tropical semi-árido, com tendência para quente e temperado, observando-se temperaturas entre 28° a 30°C, e quando mais ameno chega de 18° a 22°C.

Vegetação: Tem características da Caatinga Arbórea e da Caatinga Arbustiva, com interferência de elementos de Cerrado.

Comarca: Em 1985 passou a possuir comarca própria, Ocupado inicialmente pelo Juiz José Ribamar de Oliveira (titular de Bom Jesus) e depois efetivamente pelo juiz Francisco Gomes da Costa Neto, inaugurado o Fórum Municipal, teve como patrono o nome do juiz de Direito João Martins.

Localização no Piauí: Mesorregião 03 Sudeste piauiense e pertence a Microrregião do alto e médio Gurguéia.

Rio Gurgueia: É o seu principal curso d’água, que o acompanha em toda sua extensão, seguindo do riacho de Santana, afluente do Rio Gurgueia.

BR 135: A cidade é cortada pela BR 135, antiga Sul-PI 4 e por rodovias municipais, facilitando o transporte com os demais municípios, e ligando o Piauí a outros estados.

Atividades Municipais: Agricultura rotineira, pecuária empírica e o comércio de pequeno e médio porte.

População:  Aproximadamente conta com 10.956 habitantes.

Benefício social: Hospital, posto de saúde, escritório da AGESPISA, escritório da CEPISA, Fórum, Correios e Telégrafos, Banco do Brasil, Casa Lotérica, Hotéis de Luxo, INSS e outros.

Turismo: O Município está integrando a rota do Turismo internacional; conta com os poços Jorrastes rio Gurgueia, Parque Serra das Confusões e uma excelente rede de hotéis.

Eventos: O maior evento é o festejo do Padroeiro Sr. Bom Jesus da Lapa (agosto), seguido do Kaká Folia (julho) e do Festival de Prêmio (dezembro).

Padroeiro: Bom Jesus da Lapa, festejos de 28 de julho a 06 de agosto, pela Paróquia divino Salvador, que foi criado em 10 de julho de 1970, tendo como primeiro Pároco o Pe. Avelino Rodrigues Esdras e atualmente o Pe. Raimundo Nonato de Oliveira.

Prefeitura/Câmara: Prédios próprios.

Secretarias existentes: da Educação, Saúde, Agricultura, Administração e finanças. Departamentos: Cultura, Esporte.

Escolas:

Igrejas: Católica Apostólica Romana, Assembléia de Deus, Deus é Amor, Testemunhas de Jeová; Batista, Cristã Evangélica...

Hotéis: Gurguéia Park Hotel, hotel O Ney, hotel Pe. Cícero, hotel Vale das Águas, hotel Sérgio Reis.
   


  Imagem do Bom Jesus da Lapa


                                                                            Foto do rio Gurgueia

HINO DE CRISTINO CASTRO-PI

I

Cristino Castro, terra amada quebraste hoje o teu grilhão servil

És livre nesta alvorada lindo retalho deste meu Brasil

És hoje independente como as demais cidades da nação

Do Piauí virente tu é a alma e o coração

II

Fazes parte de uma terra a quem Deus deu o quanto tinha

Princesa dos Poços Jorrantes e das Águas Cristalinas

Teu passado e teu presente festejamos com amor

Tua gente e teu solo mostram ao mundo inteiro o teu valor.

III

Ó linda terra de Cristino de um povo destemido

Um céu de terra e de beleza em ti vai sendo construído

Em tuas quadras outonais quando da noite desce o véu

Do sul tens o cruzeiro que até parece te abraçar do céu.


QUEM FOI O SR. CHRISTINO CASTRO?
Empresário, comerciante, industrial e pioneiro-desbravador da região sul do Piauí na década de 30 do século XX.  Christino Raimundo de Castro, que agora completaria 121 se vivo fosse, nasceu no dia 24 de julho de 1891 na pequena cidade de Nova Iorque, sul do Estado do Maranhão. Filho de uma família de agricultores e comerciantes, mudaram-se para Floriano(Piauí), em 1898, logo após a sua elevação à categoria de cidade, sendo então a família Castro uma das pioneiras no lugar. 
Ali viveu sua infância, fez curso primário com aplicação e brilhantismo. Como não houvesse curso ginasial ou superior ao alcance, dedicou-se ao comércio, atividade para qual sentia-se atraído. Primeiro, com o pai, Francisco. Depois querendo alçar voo mais alto e por conta própria, organizou, com o irmão Agripino, a firma Christino Castro & Irmão, em 1920. Cedo a sua firma tornou-se uma das maiores e mais importantes empresas do Piauí, dedicadas ao ramo do comércio de importação de mercadorias do estrangeiro: ferragens, tecidos, e outras especialidades e à exportação de produtos da região – como o algodão – para o exterior e outras praças do país.
Christino Castro era um empreendedor e bem sucedido empresário de Floriano, dedicado ao trabalho, honrado, eficiente e exemplar chefe de família.
No início da década de 30, resolveu expandir os seus negócios rumo ao sul do Piauí, onde foi o primeiro a divisar as potencialidades do rico vale do Gurguéia. Com recursos de suas empresas e ajuda e  apoio do Governo estadual, à frente o interventor do Estado o Coronel Landri Salles Gonçalves, encarregou-se de construir a estrada carroçável ligando Floriano – Nova Lapa – Bom Jesus a qual cobria o mesmo trajeto da atual rodovia, tendo em Alcebíades Gomes de Moraes, o seu principal colaborador.
Em Nova Lapa e em Bom Jesus organizou filiais de sua firma Christino Castro & Irmão e desenvolveu um arrojado plano de desenvolvimento da Região Sul do Piauí:
-Financiou com recursos próprios toda a produção agrícola de algodão e arroz e a criação de gado;
-Implantou usinas de beneficiamento de arroz e de algodão;
-Instalou energia elétrica residencial e pública nestas cidades com o apoio do governo estadual;
-Abriu farmácias;
-Criou centenas de empregos diretos e indiretos;
-Contribuiu consideravelmente para o progresso e a melhoria da qualidade de vida da população local;
-Adquiriu uma frota de 12 caminhões, os quais faziam o tráfego regular ligando o interior do município e outras cidades.
O povo alegre da região cantava nas reuniões festivas as músicas feitas pelo senhor José Cordeiro, exaltando o progresso do povoado Nova Lapa e do município de Bom Jesus e redondezas.
“Christino Castro
Comprou um motor
Tocado à vapor
Para o algodão…”
Contudo, na década de 40, a malária adquirida por Christino Castro nessa região e, depois, os terríveis efeitos da 2ª Guerra Mundial  sobre a economia do nosso país, estancaram o comércio com o exterior, levando a sua firma à paralisação dos negócios. Após longos anos de luta e sofrimentos, deu-se a sua dissolução. Era o fim de uma era dourada na região e o sonho de transformar Floriano no Pólo Agropecuário e Industrial do Nordeste.
No dia 29 de outubro de 1953, elevado a Município pela Lei nº 895, votada pela Assembléia Legislativa do Piauí, o povoada Nova Lapa, desmembrado do Município de Bom Jesus, recebeu o nome de Cristino Castro, em homenagem ao pioneiro e industrial estabelecido na região.
Com essa homenagem, o sonho de Cristino Castro – o “Mauá do Piauí” (DEMES, Josefina) –  visando o progresso do rico vale do Gurguéia não acabou.  Permanece hoje como grande desafio lançado às novas gerações e aos governantes.
(Retirado de texto da Comissão de Festejos do 1º Centenário de nascimento de Christino Castro)
Localização de Cristino Castro no Brasil
08° 49' 04" S 44° 13' 26" O
Unidade federativa Piauí
MesorregiãoSudoeste Piauiense IBGE/2008 [1]
MicrorregiãoAlto Médio Gurguéia IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofesPalmeira do Piauí e Bom Jesus
Distância até a capital612Km km
Características geográficas
Área1 848,690 km² [2]
População9 981 hab. IBGE/2010[3]
Densidade5,4 hab./km²
Altitude239 m
ClimaNão disponível
Fuso horárioUTC−3
Indicadores
IDH0,657 médio PNUD/2000 [4]
PIBR$ 30 232,818 mil IBGE/2008[5]
PIB per capitaR$ 3 087,82 IBGE/2008[5]

                                                                                     Prefeitura Municipal 


                                                                            Bustos na pracinha da rodoviária

                                                           Agência dos Correios


                                                              Terminal Rodoviário


                                                                                              Ruas da cidade



                                                                                   Gurgueia Park Hotel


                                                                                  Estádio de futebol
                  
                                                                                 Poço e piscina do Petrônio


                                                                                      Ginásio Poliesportivo


                                                                                         Fórum da cidade


                                                                             Praça do Bairro Sapolândia


                                                            Agência do Banco do Brasil
  Câmara Municipal

VENHA CONHECER CRISTINO CASTRO, A TERRA DOS POÇOS JORRANTES, DO RIO GURGUEIA...

Portal Jorrante - Cristino Castro-PI © 2013. All Rights Reserved.

Notícias em tempo real, um empreendimento da JOTA PORT@IS